terça-feira, dezembro 11, 2012
Nos nossos períodos de dificuldades e no caos de nossas vidas necessitamos encontrar Jesus. É curioso que Deus precisa simplesmente de um pedido de socorro para agir. A prova está no Salmo 50.15 "E invoca-me no dia angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás."

"Invoca-me no dia da angústia" - Me busque, Me procure, Seja fiel a mim. Segundo o dicionário fidelidade é o ato de se dedicar. Assim, eu posso dizer que o Senhor é um Deus que se dedica a nós e quer  que nos dediquemos a Ele. Portanto percebe-se que a total entrega a Deus é o primeiro passo para a vitória.

"Eu te livrarei" - Só Jesus tem o poder de te tirar de certas situações da vida. Por mais que confiamos em algumas pessoas (muitas vezes próximas) temos que ter o entendimento que somente Deus pode fazer o impossível acontecer. Confie somente em Deus!

"E tu me glorificarás" - A ministra de louvor Nívea Soares sempre fala "Toda glória a Jesus", agora foi lançado um CD chamado Glória e Honra. Eu concordo! Deus é o único que merece ser engradecido, então não podemos perder tanto tempo nos gloriando como se fossemos especiais. Se temos algo para glorificar é o nome do nosso Rei, Jesus Cristo.

Não podemos nos esquecer de louvar a Deus pelas nossas vitórias, porque não somos ninguém sem Sua presença.


Em Cristo,
Lívia

sexta-feira, novembro 02, 2012
Hoje separei esse espaço para responder uma questão que com certeza já passou na mente de muitos crentes (algumas pessoas já chegaram a me perguntar):

Qual o verdadeiro motivo de existirmos?

Confesso que eu também já fiz essa pergunta muitas vezes para Deus. E pensando nisso, trouxe a resposta que me fez crescer em Cristo. Espero que seja esclarecedor e um fortalecimento para você.

*Os versículos no texto estarão no final da mensagem, ok? Então vamos lá.

Qual o verdadeiro motivo de existirmos?

Nossa vida deveria ser para honrar a Deus, pois Ele é o centro. Estudos, amizades, emprego, dons, todas as coisas seriam para engrandecer ao Senhor de forma que mostremos ao mundo Sua bondade (Isaías 63.7). Ir contra esse princípio é fazer mal a própria alma (Jeremias 44.7).

Deus espera que ouçamos sua voz e que nos arrependamos, pois o arrependimento é a chave que abre a porta do nosso coração para que ele possa agir (Jeremias 36.7).

O caminho de obediência não é fácil, mas você terá recompensas por abrir mão dos seus prazeres por Cristo. Se deu certo na minha vida por que não daria na sua?

Em Cristo,
Lívia

*Isaías 63.7: As benignidades do SENHOR mencionarei, e os muitos louvores do SENHOR, conforme tudo quanto o SENHOR nos concedeu; e grande bondade para com a casa de Israel, que usou com eles segundo as suas misericórdias, e segundo a multidão das suas benignidades. 

Jeremias 44.7a: Agora, pois, assim diz o SENHOR, Deus dos Exércitos, Deus de Israel: Por que fazeis vós tão grande mal contra as vossas almas.

Jeremias 36.7a: Pode ser que caia a sua súplica diante do SENHOR, e se converta cada um do seu mau caminho.
quarta-feira, outubro 24, 2012
Hoje vamos refletir sobre nossas palavras


 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.

Efésio 4.29

Já pensou o quanto nossas palavras tem poder e como elas influenciam nossas vidas e relacionamentos?

Uma só palavra é capaz de destruir a confiança que foi conquistada em quarenta anos. O problema ainda é maior quando a boca é usada como ferramenta de derrota e murmuração.

Lendo o livro Eu e minha boca grande pude aprender com a autora, Joyce Meyer, que nosso maior inimigo está debaixo do nosso nariz- a lingua. Ela é determinante para nosso futuro porque traça metas ou derrotas.

A dificuldade de muitos cristãos é converter a sua língua, trazendo cura e refrigério para quem está ao seu redor. As vezes acontece justamente o contrário, proferem palavras que machucam ou destroem sonhos, afastando muitas pessoas.

Pense nisso: o que você tem falado? Coisas para edificação ou palavras torpes (sujas, imorais)?

Sua boca pode e deve ser canal de benção, não de maldição. Reflita antes de falar.

Em Cristo,
Lívia
sexta-feira, outubro 19, 2012


E assim abençoou o SENHOR o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. 
Jó 42:12



Um dia, durante o culto, o pastor estava explicando a diferença de prova e tentação. Resumidamente: tentação é imposta pelo diabo e por nossa própria carne, já prova é permitida por Deus com o intuito de que possamos aprender, crescer e nos apegarmos a Ele.

Jó passou por uma situação parecida. Um homem próspero que se encontrou pobre e doente por nenhum motivo aparente.

O que fazer nesses momentos? Reclamar não ajuda. Culpar Deus por seus problemas não muda os acontecimentos. A solução é orar e adorar o Único que pode te livrar porque enquanto você adora o Céu trabalha em seu favor.

Sim, a recompensa realmente vem para aqueles que se mantém fiel (o choro pode durar uma noite mas a alegria vem ao amanhecer). O Senhor jamais se esquece dos seus filhos.

Hoje pode ser que sua situação esteja difícil, mas lembre que seu Deus é maior que qualquer problema, e a mesma benção que foi dada a Jó (Jó 42.12) será entregue a você.

Em Cristo,
Lívia

quinta-feira, outubro 18, 2012
E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho;
De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares;
E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor.
Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;
Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.
Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.
Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.
Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,
Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.
Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.
Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.
Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.
E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé,
Para que a vossa glória cresça por mim em Cristo Jesus, pela minha nova ida a vós. 
Filipenses 1:12-26


Observando Paulo pode se tirar uma ótima conclusão: é preciso ter coragem para viver e pregar o evangelho.

A bíblia diz em 2 Timóteo 3.12 que nos últimos dias os que viverem por Cristo sofrerão perseguições. Venho lembrar que ninguém nunca disse que seria fácil, por isso devemos levar a nossa cruz (não tem jeito, mas valerá a pena).

A grande questão é que diante das exclusões, do abandono etc, costumamos desanimar enquanto deveríamos  ser corajosos e continuarmos firmes em Cristo. 

Paulo foi perseguido, preso e teve que enfrentar a ideia de ser condenado a morte, porém enfrentou tudo confiando na resposta que só Deus podia lhe dá. Nós cristãos modernos devemos fazer o mesmo entregando em oração.

Se as lutas vêm sorria! É um sinal que você está incomodando o inimigo. Vá em frente com ousadia e confiança na certeza que Deus está ao seu lado.  

É só confiar porque todas as coisas cooperam para o bem daqueles que Amam a Deus!
Em Cristo,
Lívia
Hey galerinha linda de Jesus!

Eu tenho certeza que devo muuuitas explicações pelo desaparecimento e abandono do blog.

Em minha defesa, se é que ela existe (hihi), fiquei  impossibilitada por causa da falta de tempo. Adquirir, graças a Deus, muitas atividades e tem sido complicado fazer tudo caber em 24 horas.

Mas estou voltando para o blog com força total (em nome de Jesus) com mensagens novas e algumas escritas a muuito tempo, mas que não me deixam parar de ouvir a voz do meu lindo Papai.

Para todos os novos seguidores: SEJAM BEM-VINDOS! Esse espaço é realmente pra vocês que desejam crescer cada dia mais na palavra revelada - que é a Bíblia Sagrada.

Era só isso povão! Até a próxima!

Beijos,
Lívia
sábado, maio 26, 2012
Em Belo Horizonte por onde se passa é possível encontrar placas escritas "Trago o seu amar em 3 dias". A coisa é tão séria que já virou chacota na minha casa. 

Sabe o que isso prova? O ser humano está carente. Nós precisamos de amor para viver, aceitando ou não. Por essa razão muitos caem nas armadilhas do inimigo por estar acompanhado dessa "carência".

Eu acredito que exitem quatro tipos amor: o amor homem-mulher, o amor maternal (único e acolhedor *-*), o amor fraternal e o amor de Deus. Todos nos completam e são necessários em nossas vidas. A diferença é que o amor de Deus é incomparável, essencial, grátis e transformador.

O amor de Deus tem a capacidade de modificar corações, trazer sentido para várias almas e fazer o homem alegre verdadeiramente.

Deus, em sua bondade, provou seu amor por nós quando entregou seu filho unigênito para que todo que nele crê não pareça mas tenha vida eterna. Por quê? Talvez você não saiba, mas Deus é muuito carente! Ele só desejava ser amado, então sacrificou o seu melhor para nos ter mais perto d'Ele.

Acho que pensando por esse lado vale muito a pena viver somente para agradá- Lo.

Pense nisso!

Eaê? Vai retribuir esse amor ou não?

Em Cristo,
Lívia
sexta-feira, abril 20, 2012

E em Gibeom apareceu o SENHOR a Salomão de noite em sonhos; e disse-lhe Deus: Pede o que queres que eu te dê.

E disse Salomão: De grande beneficência usaste tu com teu servo Davi, meu pai, como também ele andou contigo em verdade, e em justiça, e em retidão de coração, perante a tua face; e guardaste-lhe esta grande beneficência, e lhe deste um filho que se assentasse no seu trono, como se vê neste dia.
Agora, pois, ó SENHOR meu Deus, tu fizeste reinar a teu servo em lugar de Davi meu pai; e sou apenas um menino pequeno; não sei como sair, nem como entrar.
E teu servo está no meio do teu povo que elegeste; povo grande, que nem se pode contar, nem numerar, pela sua multidão.
A teu servo, pois, dá um coração entendido para julgar a teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque quem poderia julgar a este teu tão grande povo?
E esta palavra pareceu boa aos olhos do Senhor, de que Salomão pedisse isso.
E disse-lhe Deus: Porquanto pediste isso, e não pediste para ti muitos dias, nem pediste para ti riquezas, nem pediste a vida de teus inimigos; mas pediste para ti entendimento, para discernires o que é justo;
Eis que fiz segundo as tuas palavras; eis que te dei um coração tão sábio e entendido, que antes de ti igual não houve, e depois de ti igual não se levantará.
E também até o que não pediste te dei, assim riquezas como glória; de modo que não haverá um igual entre os reis, por todos os teus dias. 

1 Reis 3:5-13



Lendo a passagem bíblica de I Reis, percebi que somos egoístas. Sim, egoístas. Muitas vezes oramos como se fossemos obrigados ou para pedir apenas bens materiais e esquecemos da coisa mais importante que possamos buscar: intimidade com o Senhor e um coração cheio de sabedoria do Céu.

Se Deus te perguntasse hoje o que você deseja, qual seria sua resposta?

Salomão teve várias opções: riquezas, mulheres ou talvez descanso de seus inimigos, mas desejou algo diferente, o entendimento.

Por essa atitude o Senhor fez mais do que ele pediu. Por que? Porque Deus viu um coração sincero que desejava os conselhos do pai.

Às vezes as bençãos materiais não chegam. No entanto você deve buscar incessantemente por sabedoria, entendimento, discernimento e intimidade.

Enquanto busca o amadurecimento espiritual veem, e a presença de deus se torna cada vez mais real na sua vida.

Creia nisso! Os frutos virão com certeza!

Fique na paz,
Lívia

quarta-feira, março 21, 2012
Olá meus queridos! Como é bom poder escrever para todos!

Na última quarta-feira minhas aulas começaram, já estou cansada, mas tudo bem (hihi), e gostaria de compartilhar algo que eu aprendo diariamente. Convívio Social.

Uma vez uma amiga me disse que devemos aprender a viver em sociedade porque, querendo ou não, teremos que mantém contato com algum ser humano. Nós como cristãos principalmente, para que as pessoas através de nós conheçam o único Senhor e Salvador: Jesus Cristo.

Nem sempre é fácil (posso dizer isso com toda certeza por experiência própria). As pessoas não são estáveis e isso complica bastante.

O que você deve fazer? Não sei. Preocupe-se em conhecer o Senhor a cada dia e, até suas amizades Ele escolherá. 

Que a paz, a mansidão e a habilidade com as pessoas de Jesus estejam na sua vida.
Fiquem na graça de Deus
segunda-feira, fevereiro 20, 2012
Temos esta esperança como âncora da alma, firme e segura.
Hebreus 6.19a


A mais conhecida crise econômica da história moderna ocorreu de 1929 a 1933, quando esforços e economias de vidas inteiras sumiram como bolhas de sabão. As pessoas entraram em pânico ao se ver repentinamente na miséria e alguns até se suicidaram.

Quanto ou o que cada um precisaria perder para não ter mais nenhuma esperança? Pensar nisto me fez revisitar meus valores e repensar quais seriam meus tesouros mais queridos. Na verdade, nossos tesouros podem variar muito: bens materiais, saúde, pessoas amadas, beleza, juventude e o que mais? O maior tesouro de cada um é aquilo sem o qual não vale mais a pena viver.

O ser humano sempre vai pra onde seu coração já foi ante e, conforme Mateus 6.21, "onde estiver o seu tesouro também estará o seu coração". Ora, se toda minha confiança estiver em determinado bem, quando ele se for levará junto minha mente (chamado na bíblia de "coração"), e lá irei eu atrás dele, janela abaixo. Então, o que "segura a barra" quando tudo desaba?

Navios dependem da âncora, que ali está principalmente para a hora da tempestade, quando fixa a embarcação e impede que ela seja destruída. Aqueles que optaram pelo suicídio depois da  crise de 29 fizeram isso porque perderam a esperança que era a âncora de sua alma. No texto de hoje (Hebreus 6.19a) o escritor fala dessa âncora, uma habitação para o coração que , firmada além das circunstâncias, faz toda a diferença. Que esperança é essa? Veja o contexto: as promessas de Deus.

Ser cristão não é "seguir uma religião! e tentar obedecer a um punhado de regras de "não pode", tentando agradar a divindade para ver se consegue um lugarzinho melhor no céu, ou quem sabe uma "mãozinha" divina nos afazeres daqui. Seguir Jesus Cristo é exatamente aprender a viver neste mundo usufruindo as circunstâncias sem delas depender - porque o coração está mais firma, firmado nas promessas de Jesus.

As promessas de Deus são uma âncora que nos segura nas tempestades da vida.


Livro Pão Diário
terça-feira, fevereiro 14, 2012
Hello! Tudo bem com vocês?

Bom, hoje eu vou falar sobre o verdadeiro jejum. Esse post foi baseado no livro da Joyce Meyer, "Eu e Minha Boca Grande".




"Seria este o jejum que eu escolheria: que o homem um dia aflija a sua alma, que incline a cabeça como o junco e estenda debaixo de si pano de saco grosseiro e cinza? Chamarias tu a isso jejum e dia aprazível ao SENHOR?"
Isaías 58.5

O povo de Israel clamava a Deus e sentia que não era ouvido por Deus. O Senhor, então, por sua bondade, mostra que a motivação estava errada. os israelitas acreditavam que as tradições ou os rituais os aproximavam do Pai.

Mas como deveria ser o verdadeiro jejum?

O intuito do jejum é quebrar o poder da carne. Abrir mão da sua vontade. Esse período deveria ser um tempo de oração e intimidade com Deus, onde você pode apresentar a Ele suas súplicas e petições.

É muito comum a pessoa começar um jejum de alimento, por exemplo, e ficar o tempo todo de frente a televisão. Não gasta tempo lendo a bíblia nem orando. Então como pode haver resposta? Pense nisso e mude. Você só recebe sua benção quando alcançar o coração de Deus. Por isso faça algo ousado.

Fiquem na Santa Paz.

sábado, fevereiro 04, 2012
Já teve um problema que não sabe resolver? Talvez foi algo que você fez mas não encontrou solução, ou alguém que magoou sem querer. 

Diz que tudo na vida acontece por acaso. Será mesmo? Eu não entendo porque a gente tem que ser abandonado pelas pessoas. Ou porque depois disso a gente sempre fica magoado.

Se tem uma razão por que não superamos rápido. Chego a conclusão que nem tudo é como eu gostaria e que tem coisa que Deus não vai me deixar entender (e eu nem sei porquê), mas se eu confiar n'Ele tudo vai dar certo no final.

De alguma forma eu tenho certeza disso. Essa é minha motivação!

Pesquisa aí!

Quem sou eu

Minha foto
Uma jovem que percebeu que não podia fazer nada sem Deus.
Tecnologia do Blogger.

Faça Parte!