quinta-feira, outubro 18, 2012
E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho;
De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares;
E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor.
Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;
Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.
Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.
Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.
Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,
Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.
Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.
Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.
Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.
E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé,
Para que a vossa glória cresça por mim em Cristo Jesus, pela minha nova ida a vós. 
Filipenses 1:12-26


Observando Paulo pode se tirar uma ótima conclusão: é preciso ter coragem para viver e pregar o evangelho.

A bíblia diz em 2 Timóteo 3.12 que nos últimos dias os que viverem por Cristo sofrerão perseguições. Venho lembrar que ninguém nunca disse que seria fácil, por isso devemos levar a nossa cruz (não tem jeito, mas valerá a pena).

A grande questão é que diante das exclusões, do abandono etc, costumamos desanimar enquanto deveríamos  ser corajosos e continuarmos firmes em Cristo. 

Paulo foi perseguido, preso e teve que enfrentar a ideia de ser condenado a morte, porém enfrentou tudo confiando na resposta que só Deus podia lhe dá. Nós cristãos modernos devemos fazer o mesmo entregando em oração.

Se as lutas vêm sorria! É um sinal que você está incomodando o inimigo. Vá em frente com ousadia e confiança na certeza que Deus está ao seu lado.  

É só confiar porque todas as coisas cooperam para o bem daqueles que Amam a Deus!
Em Cristo,
Lívia

0 comentários:

Pesquisa aí!

Quem sou eu

Minha foto
Uma jovem que percebeu que não podia fazer nada sem Deus.
Tecnologia do Blogger.

Faça Parte!