quarta-feira, abril 30, 2014
Mas a palavra do Senhor permanece para sempre. E esta é a palavra que vos foi evangelizada.
I Pedro 1.25

Parte dos jovens cristãos vive relativizando a Palavra de Deus, a Bíblia, para conseguir satisfazer seus próprios desejos e sonhos egoístas.

Normalmente, vive do que seus líderes espirituais pregam, que nem sempre são mensagens substanciais, além de questionar e desacreditar o que ouviram. É muito comum escutar "Eu acho" da boca dos cristãos relativistas, como se suas opiniões - os achismos - tivessem algum fundamento.

É realmente indignante! O pior é que a Palavra, santa e real, é ignorada, trocada pelos valores do mundo moderno.

Ora, como o versículo acima diz, a Palavra é permanente. E digo mais, é eterna, imutável, tal qual o próprio Deus. Não pode ser relativa ou equívoca, porque é completa em si mesma. É o que é, e sempre será.

A certeza que se pode ter é que tudo o que foi escrito na Sagrada Escritura vai se cumprir, queira os homens ou não. Amados, os institutos bíblicos são os melhores para guiar nossas vidas, simplesmente por serem criados pelo nosso Pai Celeste, que nos ama e deseja somente nosso bem.

Nossos objetivos são passageiros diante da vontade Dele, que é permanente, e se faz conhecida a nós através da Palavra.

Não existe filho que não ouve o pai, por isso, digo que vale a pena ler, conhecer, ansiar e viver, verdadeiramente, os escritos bíblicos, pois eles têm o grande poder de se fazer conhecida a voz de Deus na Terra.

Em Cristo,
Lívia


Pesquisa aí!

Quem sou eu

Minha foto
Uma jovem que percebeu que não podia fazer nada sem Deus.
Tecnologia do Blogger.

Faça Parte!